NRP Viana do Castelo já está entrege provisoriamente.

Webnode
02-01-2011 19:53

Finalmente, com cinco anos de atraso mas finalmente, foi entrege o primeiro Navio de Patrulha Oceanico (NPO) de um minimo de 6 com possibilidade para mais 3 e outros 2 semelhantes mas que serão NCP (Navio de Combate a Poluição) mas que também vão conter o mesmo tipo de armamento o que lhes dá a capacidade de fazer tanto a missão inicial mas também a de NPO.

Estes navios já faziam e fazem falta a Marinha a muito, pois manter as velhas e mais que podres corvetas está a tornarse um desafio, pois um navio com mais de 40 anos é garantido, o tempo de vida já passou.

O atraso de 5 anos para a entrega do primeiro navio foi desculpado com o motivo de ser um prototipo unico, e não dito na serimonia de recepção providoria do navio mas dito antes em outras desculpas feitas antes se for preciso muitas a alguns meses e ate anos, foi dito que a mudaça feita para o navio resistir melhor as ondas causou o atraso, o que é mentira já que vasta soldar um pedaço de metal polo no sitio com o devido material e formato o que leva se for preciso menos de um mês, ou seija desculpa farrapada, também foi dada outra desculpa de que devido a ser um Navio militar os testes devem ser mais longos e mais precisos pois pode ser preciso usar o navio, digemos de forma mais agreciva; mas essa desculpa também e farrapada já que nem fragatas de guerra precisam de testes tão longos já que o navio foi construido a bem mais de um ano, para não dizer pior.

A desculpa de ser um prototipo unico é a mais real de todas, mas a verdade é que também não é a causa do atraso já que o navio já estava pronto a muito e apenas desculpa o atraso na construção, e não o atraso completo de cinco anos o ultimo prazo não cumprido foi em janeiro que era a ultima data marcada para receber o navio mas não veio e depois foi marcada a preça mais uma data que foi finalmente a cumprida que foi a de 30 de Dezembro de 2010, o ano em que mais um novo navio se juntou a armada ao serviço de Portugal e dos portugueses.

Este navio tem sistemas modernos, radares, sistemas de comunicação, melhores instalações, tem até aquecimento, e muitos outros equipamentos que as corvetas não tem.

O navio conta com uma plataforma de Helicopetros que no entanto não está equipada com hangar, o que já não permite que o helicopetro fique muito tempo no navio pois as condições presentes em alto mar degradam qualquer equipamento militar ou não militar e alem do mais a ausencia de um hangar também não permite a obrigatoria e diaria manutenção das aeronaves Linx 95 da Marinha Portuguesa, mas permite que sejam feitas varios tipos de operações militares.

O navio conta ainda com a capacidade para mais de 40 fuzileiros tutalmente equipados com as respectivas lanchas de desembarque ou outro tipo de meio de desembarque de possivel transporte num navio com as dimensões do NRP Viana do Castelo, tem também a ipotese de transporte de carga para missõe humanitárias de paz ou em territorio nacional, e missões do tipo.

A unica defeciencia diguemos principal é a ausencia de armamento decente que apesar de ser adquado para patrulha oceanica contra navios de pesca, não tem praticamente uso contra navios de guerra modernos, o seu canhão é manual com alta cadencia e pouca precisão e com um raio de acção insignificante comparado com o das antigas corvetas, este tipo de canhão nem para missões nos mares da Sómalia serve, so se o atirador tiver um bom olho.

Caso foçê atacado Portugal apenas contaria com 5 Fragatas dos quais tem equipamentos ao nivel do melhor mas probavelemnte não iam consseguir aguentar a um ataque decente, e com 2 submarinos U209PN, NRP Tridente e NRP Arpão os mais modernos e poderosos submarinos convencionais a navegar no mundo, mas que probavelmente apesar de consseguir causar grandes estragos não ia resistir tal como as fragatas a um ataque decente.

A possibilidade de reequipamento destes navios com melhores armamentos mais tarde ou mais cedo ira ter que ser considerada pelo governo e pela Marinha, pois estes navio so se forem para missões de fiscaização.

A aplicação de novos armamentos iria obrigar a acrescentação de novos compartimentos, e de novos sistemas situação que facilmente de resolveria  e ainda iria sobrar um espaçinho para o transporte de fuzileiros nem que foçe para missões mais pequenas onde não é preciso o uso de compartimentos por parte dos fuzileiros.

Estes navios tem espaço e tamanho para serem equipados com novos armamentos ao nivél se for preciso de fragatas já que as corvetas eram mais pequenas e contavam com capacidade anti submarina, nesta classe Viana do Castelo é possivel a aplicação de misseis de defesa aérea anti-navio e até torpedos substituindo obviamente o absoleto canhão.

A unica dificuldade num possivel reequipamento dos navios iria ser em relação a tripulção já que muitos membros das tripulações das corvetas estão e irão ser distrivuidos pelas corvetas devido a crise financeira que actualmente afeta Portugal.

Apenas dois dos navios irão contar com duas escolhas de armamento o canhão manual e um armamento de defesa aerea de ultimo recurso com possibilidade de atacar alvos a superficíe que ainda está a ser decidido.

Nota:O primeiro navio ira estár até junho em testes de mar junto com a tripulação.

____________________________________________________________________________________________________________________________

Abaixo estão alguma fotos e caracteristicas PRINCIPAIS dos navios.

Classe Baptista de Andrade:

Esta classe é uma classe de 4 navios dos quais apenas 3 ainda se encontram ao serviço, os seus armamentos são bastante superior aos dos NPOs mas os seus radres, sistemas de comunicação entre outros equipamentos eltronicos são bastante inferiores incluindo as suas condições como por exemplo a ausente presença de aquecimento e outros tipos de equipamentos essenciais para o bem estar da tripulação.

 

Armamento:

1 peça de 100mm Creusot-Loire  -Armamento principal.

2 peças Boffors de 40mm/70

Radares e sistemas eletronicos:

1 radar de navegação KH5000 Nucleus

1 radar de navegação Racal Decca RM 316P

Guarnição:

Total: 72

 

 
 

 

 

 

                              

 
 

 

 Classe João Coutinho:

As corvetas da classe João Coutinho são bastante sememlhantes ás Bartalomeu Dias embora o seu armamento seija bastante inferior ao das Bartalome Dias tal como alguns equipamentos tecnologicos.

A classe era inicialmente constituida por 6 navios mas actualmente apenas 4 se encontram ao serviço.

 

Armamento:

1 reparo duplo de 76mm US Mk33 -Armamento principal

1 reparo duplo Bofors de 40mm/60

Radares:

1 radar de navegação KH1007

1 radar de navegação RM 1226C

Guarnição:

Total: 72

NPO-Classe Viana do Castelo:

A classe Viana do Castelo é uma classe que irá ser constituida por 6 navios com possibilidade para mais 3, averá uma classe bastante parecida constituida por 2 NCP mas ainda está em decisão se irá fazer parte da mesma classe dos seu parceiros NCP ou irá ser um diferente classe.

O seu armamento irá ser inferior ao das corvetas tanto da classe Bartaloeu Dias como da classe João coutinho, mas irá ser maior, com melhores capacidade melhore condiões, melhores radares, entre muitas outras bantagens.

Armamento:

Peça de 40mm.

2 deles irão contar com este e outro armamento que será - Armamento de defesa aérea e de superficie proxima de ultimo recuro que ainda está em fase de decisão.

Radares:

Pesso imença desculpa mas não temos qualquer informação, caso queira revelar alguma informação por favor contactenos na página principal.

Guarnição:

Total:38

Na foto acima podemos ver uma ligeira degradação no segundo NPO atrás do P360 (NRP Viana do Castelo) mas que é normal já que quando um navio está parado não é necessária manutenção diárias exacta e também na foto (que já não é muito recente) o navio ainda estava em construção.

Mas também podemos ver o Viana do Catelo já está em melhores condições precisamente por causa de ser o que precisa mais por causa de ser o que está em tesetes de mar e também por ser o primeiro que foi entrgue.

Aqui nesta foto de 2010 no dia da entrga do primeiro NPO podemos ver dentro do quadrado a situação a que eu me referia mas o que estava a ser entregue já estava novinho em folha.

Novissimo....

                                                                         Saiba mais no site:

 

                                                       http://www.marinha.pt/PT/Pages/homepage.aspx

 

 


 

 

 

 

 

Voltar
Webnode

Procurar no site

© 2014 Todos os direitos reservados. PMP

loja online grátis Webnode